Concursos

Bolsa de Investigação (BI) para aluno de Mestrado: ARDITI-BIO-BEX-A/2021/001-BI

Cargo/posição/bolsa: Bolsa de Investigação (BI) para aluno de Mestrado;

Referência: ARDITI-BIO-BEX-A/2021/001-BI;

Área científica genérica: Sistemas de informação;

Área científica específica: n/d;

Resumo do anúncio

A ARDITI abre concurso para atribuição de 1 (uma) bolsa de investigação, no Laboratório de Engenharia Organizacional (EELab) da ARDITI, no âmbito do projeto BIO BEX-A: Development and Validation of a Fully Digital and Centrally Controlled Sludge Treatment Plant Based on Data Analytics (DIH-World OC1), nos seguintes termos:

Texto do anúncio

O projeto BIO BEX-A pretende providenciar uma estação totalmente digital e controlada centralmente para o tratamento de lamas, com base na análise de dados. O principal objetivo é a redução da contaminação causada pelas lamas residuais resultante das estações de tratamento de água, desidratando-as até 40% mais que outros sistemas disponíveis no mercado. Dessa forma, previne-se o depósito das lamas em ambientes naturais sem o tratamento adequado, o que ajuda no combate às alterações climáticas.

O BIO BEX-A foi concebido como um serviço para o tratamento de lamas residuais que opera através de instrumentação e tecnologia de controlo digital capaz de analisar o tipo de composto a ser tratado, salinidade, pH, entre outros parâmetros, para posteriormente utilizar a pressão e temperatura adequadas para desidratar essas lamas. Isto permite separar os resíduos tóxicos, que são depois eliminados, da água limpa.

Os principais objetivos do BIO BEX-A são:

  • Desenvolvimento de uma estação totalmente digital e controlada centralmente para o tratamento de lamas residuais.
  • Validação do sistema em ambiente real.
  • Comercialização do novo sistema ciberfísico.

O investigador irá colaborar:

  • Em atividades para modelar processos organizacionais e de identificação de requisitos, usando a metodologia DEMO de Engenharia Organizacional.
  • Na implementação do sistema de gestão de dados operacionais e a respetiva interface gráfica.
  • No desenvolvimento/extensão de componentes da plataforma DISME a ser desenvolvida no EElab, adaptando-a ao cenário de utilização do projeto BIO BEX-A, nomeadamente, mas não só: um componente para integração com outros componentes de software e hardware da arquitetura global desta rede, nomeadamente sensores e atuadores existentes nas estações, através de uma interface REST; e um componente com funções de business intelligencee suporte à decisão.
  • Na preparação e redação de relatórios técnicos com os resultados do projeto.

Os candidatos devem satisfazer os seguintes requisitos, aptidões e competências:

  • Inscrição no 2º ano de um mestrado na área de Engenharia Informática ou área afim.
  • Experiência em sistemas de apoio à decisão.
  • Experiência em engenharia organizacional.
  • Experiência na metodologia DEMO.
  • Experiência no desenvolvimento de aplicações web e bases de dados.
  • Experiência nas plataformas/tecnologias pentaho (business intelligence), Node.js, Laravel e leaflet.
  • Conhecimentos das linguagens de programação HTML, PHP, Javascript, CSS e SQL.

Local de trabalho:

O trabalho será realizado no EELab, ARDITI (Funchal, Portugal), sob a supervisão do Prof. Doutor David Aveiro.

Duração da bolsa de estudo:

A bolsa terá uma duração de 6 meses, com data de início prevista para 1 de novembro de 2021.

Subsídio mensal de manutenção:

O investigador receberá uma bolsa mensal de 835,98 euros, isento de impostos.

As bolsas da ARDITI e os regulamentos são determinados pela ARDITI (https://cloud.arditi.pt/index.php/s/wJGZEAJWaQx6wcx?path=%2FRegulamentos%2FBolsas).

Como candidatar-se:

Até ao dia 27-10-2021, os interessados devem enviar a sua candidatura por e-mail para o endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., com o assunto: ARDITI-BIO-BEX-A/2021/001-BI.

Os seguintes elementos devem ser anexados ao e-mail:

  • Curriculum Vitae atualizado.
  • Carta de motivação, explicando como o/a candidato/a preenche os requisitos do concurso.
  • Comprovativo de inscrição num mestrado na área de Engenharia Informática ou área similar, incluindo a lista de unidades curriculares concluídas e respetivas notas.
  • Certificado de conclusão da licenciatura, incluindo a lista de unidades curriculares concluídas e respetivas notas.
  • Lista de projetos (ou experiência anterior) na área (opcional).

Critérios de seleção:

Os critérios de avaliação das candidaturas basear-se-ão na apreciação conjunta dos seguintes critérios (numa escala de 0 a 20 valores):

  • Média das notas atribuídas a unidades curriculares concluídas, na área de engenharia organizacional (20%)
  • Média das notas atribuídas a unidades curriculares concluídas, na área de sistemas de apoio à decisão (20%)
  • Média das notas atribuídas às unidades curriculares já concluídas no curso de mestrado (25%)
  • Média final da formação académica de grau de licenciado (20%); 
  • Motivação demonstrada para trabalhar no projeto (15%).

O júri poderá entrevistar, por videoconferência, os 3 primeiros classificados. A avaliação da entrevista é expressa numa escala numérica de 0 a 20 valores.

No caso de ser realizada entrevista, é atribuído um fator de ponderação de 80% à nota da avaliação do percurso curricular, e um fator de ponderação de 20% à nota da entrevista.

Painel de seleção:

  • Presidente: Doutor David Aveiro, Professor da Universidade da Madeira
  • Vogal: Doutor João Zambujal de Oliveira, Professor da Universidade da Madeira
  • Vogal: Doutora Dulce Pacheco, Investigadora da ARDITI

Notificação de resultados:

Todos os candidatos serão notificados por e-mail.

Notas:

  • O processo de seleção será baseado no princípio da não discriminação sexual, de idade, de nacionalidade, de religião, de grupo racial, ou qualquer outra possível questão discriminatória. A seleção será efetuada apenas com base no mérito e de acordo com a Carta Europeia do Investigador, o Código de Conduta para o Recrutamento de Investigadores (Recomendação da Comissão, Bruxelas, 11.3.2005, 2005/251/CE) e as recomendações da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Investigação (DORA).
  • A ARDITI é uma "organização de acolhimento de refugiados" reconhecida pela Comissão Europeia, segue a Carta Europeia do Investigador e acolhe favoravelmente as candidaturas de todas as pessoas qualificadas. 

O prazo de candidatura pode ser prorrogado em qualquer altura, sem aviso prévio, tendo em conta os requisitos para as vagas em aberto no âmbito do presente convite.

Número de vagas: 1
Tipo de contrato: Informação não disponível
País: Portugal
Localidade: Funchal
Instituição de acolhimento: EELab/ARDITI
Data limite de candidatura: 27 de Outubro de 2021
(A data limite de candidatura deve ser confirmada no texto do anúncio)

 

Subscreva a newsletter

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Links úteis

Pesquisa

Copyright © 2021 ARDITI