Ciência do Mercado 2018 - Programa

Poster CM2018

Integrada na Semana da Ciência e Tecnologia que se celebra a nível nacional entre 19 e 25 de Novembro, a ARDITI promove o evento Ciência no Mercado no próximo dia 21 de Novembro, entre as 18h00 e as 22h00, na Praça do Peixe do Mercado dos Lavradores (Funchal).

Esta iniciativa, que vai na 4ª edição, pretende ser uma mostra da Ciência e Tecnologia que se faz na Região, aberta ao público em geral, para que todos possam ver, interagir, participar.

Já está disponível para download o programa detalhado, o programa resumido e a lista de entidades participantes.

Recrutamento de Voluntários para a Ciência no Mercado 2018

FlyerVoluntários

Estamos à procura de estudantes universitários para serem voluntários na Ciência no Mercado 2018, evento que decorrerá no dia 21 de novembro, na Praça do Peixe do Mercado dos Lavradores entre as 18h00 e as 22h00. Esta mostra insere-se no âmbito da Semana de Ciência e Tecnologia 2018 (19 a 25 de novembro).

Para te inscreveres acede ao formulário aqui

Madeira integra projeto europeu aprovado no âmbito do programa H2020 com o objetivo de reforçar a capacidade de investigação e desenvolvimento nas Regiões Ultraperiféricas (RUPs) – Projeto FORWARD

ArditiNo âmbito do programa-quadro de financiamento europeu Horizonte 2020 (H2020), no concurso (call SwafS-22-2018: Mobilising Research Excellence in EU Outermost Regions) da Comissão Europeia (DG RTD), especificamente direcionado para as Regiões Ultraperiféricas (RUPs), foi esta semana aprovado o projeto europeu FORWARD (Fostering Research Excellence in EU Outermost Regions), no qual a Madeira irá participar através da Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação Tecnologia e Inovação (ARDITI) e da Universidade da Madeira (UMa) como parceiras principais. Esta candidatura contou com o apoio institucional da Direção Regional dos Assuntos Europeus e da Cooperação Externa (DRAECE) que integra a recentemente criada rede RUP RIS3, e que tem como um dos seus objetivos a aproximação das entidades responsáveis pela RIS3 (Estratégias e Prioridades de Especialização Inteligente, em todas as regiões europeias) nas nove RUP da Europa (Açores, Madeira, Guadalupe, Guiana Francesa, Martinica, Saint Martin, Reunião, Mayotte e Ilhas Canárias). Conta ainda com o apoio do IDR, AREAM, M-ITI, StartUP-Madeira, HF, ACIN e LARSYS. O principal objetivo do projeto FORWARD é permitir às nove RUPs uma preparação que lhes permita responder de forma mais competitiva aos futuros concursos para projetos de Investigação e Desenvolvimento (I&D), em particular no próximo programa quadro Horizonte Europa (2021- 2027), e mesmo ainda no atual programa Horizonte 2020. Tratando-se de um projeto do tipo Ação de Coordenação e Apoio (CSA), contempla a coordenação e o trabalho em rede com vista à elaboração de candidaturas a projetos e programas e a definição de políticas que levem à capacitação das regiões participantes para estarem mais aptas e capazes de concorrer a projetos de investigação científica. Irá também permitir a todas as RUPs compararem, consolidarem e fazerem evoluir as suas estratégias e prioridades de especialização inteligente (RIS3) para o estabelecimento de ecossistemas de I&D e a criação de produtos inovadores comercializáveis mais competitivos e sustentáveis, a nível europeu e mundial.

Novos apoios financeiros para a contratação de doutorados nas áreas do Turismo e Recursos e Tecnologias do Mar | UMa e ARDITI

Universidade da Madeira (UMa) e a Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação Tecnologia e Inovação da Madeira (ARDITI) foram recentemente contempladas com financiamento no âmbito do "Concurso ao Estímulo ao Emprego Científico Institucional", da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia. O programa de trabalhos conjunto visa a promoção e o desenvolvimento de áreas do conhecimento estratégicas para a região como o Turismo e os Recursos e as Tecnologias do Mar. Este financiamento permitirá a contratação de 1 docente (UMa) e 4 investigadores doutorados (2 pela UMa e 2 pela ARDITI), por um período de seis anos.

Este financiamento é não só prestigiante para a região, mas sobretudo catalisador da continuidade de uma política de desenvolvimento de I&D, que prevê o Turismo e os Recursos e Tecnologias do Mar como duas das suas principais áreas de especialização inteligente propostas à EU no âmbito do Programa Madeira 14-20. Esta iniciativa junta as duas principais instituições regionais com atividades de I&D, potenciando assim a criação de massa crítica, o aumento da competitividade e a relação das atividades de I&D com as empresas, bem como a promoção da interdisciplinaridade. 

 

 fctARUMa

Primeira Mesa Transregional Madeira-Açores-Canárias

1 minNo passado dia 24 de abril, a ARDITI organizou a primeira de duas mesas transregionais entre a Madeira, os Açores e as Canárias, no âmbito do projeto RIS3-Net, do qual é entidade parceira. 

Este projeto visa a cooperação Inter-regional para o Crescimento Inteligente das Regiões da Macaronésia e é financiado pelo programa de cooperação INTERREG Madeira-Açores-Canárias 2014-2020. 

O objetivo deste workshop foi apresentar os resultados das reuniões realizadas anteriormente em cada uma das três regiões e debater estratégias comuns das RIS3 regionais. O projeto RIS3-Net tem a duração de 26 meses e tem um orçamento total de 633 mil euros, com a visão principal de se desenvolver e implementar uma estratégia de cooperação e coordenação institucional. A proposta de um sistema de governança comum entre as três regiões é também uma das ambições. 

Neste encontro, coordenado pela ACIISI - Agencia Canaria de Investigación, Innovación e Sociedad de la Información, identificaram-se possíveis colaborações, uniões de esforços e sinergias que podem potenciar uma estratégia RIS3 do Espaço MAC.

A Madeira é a região com mais áreas estratégicas comtempladas na RIS3, algumas delas são comuns às três regiões, como o turismo e o mar os pontos mais importantes para os três arquipélagos.

Também fazem parte deste consórcio (RIS3-Net), e estiveram presentes neste encontro, o Instituto Tecnologico de Canárias, a Plataforma Oceânica de Canárias e o Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia dos Açores.