Newsletters

ARDITI: Newsletter nº 51

ARDITI: Newsletter nº 51

Newsletter

Julho, 2022

em destaque


Foi inaugurado, no dia 12 de julho, o Centro Operacional do Observatório Oceânico da Madeira, localizado na Marina do Funchal, na presença de várias autoridades regionais. Este novo espaço pretende apoiar os investigadores no estudo e monitorização do mar da Madeira.‍ Continuar a ler...


Clique na imagem abaixo para ver um pequeno vídeo da inauguração.

Publicações


Designing mobile museum experiences for teenagers, com co-autoria de Vanessa Cesário e Valentina Nisi, publicado na revista Museum Management and Curatorship.


Design implications for interactive and analogue technologies supporting distance education: a longitudinal mixed-method study during the pandemic, com co-autoria de Duarte Sousa, Pedro Campos e Vanessa Cesário, publicado na revista Interaction Design & Architecture(s).


Long-Term Monitoring of In-Water Abundance of Juvenile Pelagic Loggerhead Sea Turtles (Caretta caretta): Population Trends in Relation to North Atlantic Oscillation and Nesting, com co-autoria de Thomas Dellinger, Vladimir Zekovic e Marko Radeta, publicado na revista Frontiers in Marine Science.


Seasonal variation in microplastics and zooplankton abundances and characteristics: The ecological vulnerability of an oceanic island system, com co-autoria de Annalisa Sambolino, Inma Herrera, Soledad Álvarez, Alexandra Rosa, Filipe Alves, João Canning Clode, Nereida Cordeiro, Ana Dinis e Manfred Kaufmann, publicado na revista Marine Pollution Bulletin.


A baseline for prioritizing the conservation of the threatened seagrass Cymodocea nodosa in the oceanic archipelago of Madeira, com co-autoria de Cláudia Ribeiro, Pedro Neves, Manfred Kaufmann, Ricardo Araújo, Rodrigo Riera, publicado na revista Nature Conservation.

TrabalhoS de campo


A ARDITI, através do OOM e MARE-Madeira, associou-se à Decathlon Funchal para levar a cabo uma ação de limpeza da Praia Formosa no dia 25 de julho, com o intuito de promover as boas práticas ambientais em prol do oceano.


A campanha científica MARE@Desertas 2022 está a decorrer em colaboração com o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, RAM e Direção Regional do Mar. A equipa de investigadores está a explorar as Ilhas Desertas para investigar e caracterizar a biodiversidade marinha desde as costas rochosas até às profundezas. Esta é uma abordagem interdisciplinar para entender melhor como a pressão humana afeta este habitat remoto. Nesta primeira fase, foram instaladas, pela doutoranda Ashlie McIvor, câmaras subaquáticas para caracterizar as comunidades de peixes no Ilhéu do Chão, Deserta Grande e Bugio. Veja o curto vídeo de uma raia Bathytoshia centroura. 

Ações EM Escolas E EnTIDADES


Filipe Alves deslocou-se até à Duke University Marine Lab, nos Estados Unidos da América, onde lecionou um curso sobre mamíferos marinhos tendo sido uma oportunidade para futuras colaborações internacionais.

Investigadores do Observatório Oceânico da Madeira dinamizaram jogos realizados com alunos da EB1/PE e Creche Eng. Luís Santos Costa, no âmbito do evento Jogos do Mar 2022, em Machico.

EVENTOS


A convite da  ICOM-Portugal, Vanessa Cesário falou sobre os resultados da sua investigação doutoral numa palestra intitulada "Aumento da experiência museológica dos adolescentes através de narrativas e jogos". A palestra decorreu online no dia 17 de junho para a audiência do projeto HELP do ICOM.

Paulo Abreu, gestor de projetos, representou a ARDITI no evento Digital Maturity Day, organizado pela Startup Madeira, tendo sido um dos oradores do painel "From Traditional to Digital". O evento que decorreu no dia 4 de julho, no Colégio dos Jesuítas, abordou temas como transição digital, trabalho remoto, sustentabilidade e nomadismo digital, através de apresentações, mesa-redonda e momentos de networking com uma rede Europeia de Institutos de Educação Superior, PME’s e Startups. Paulo Abreu foi também um dos oradores do "Feeding Madeira, Regenerative and Distributive Food Systems for Sustainable Island Futures", que decorreu no dia 5 de julho, no Colégio dos Jesuítas, tendo representado a ARDITI com a palestra "The Smart Islands Hub Innovation Ecosystem". Este evento inseriu-se no projeto Erasmus+ Digital Creativity 4 Digital Maturity Future Skills (DC4DM). 


Investigadores do MARE-Madeira, IDL - Instituto Dom Luiz, ARDITI participaram entre 6 e 8 de julho no VIII Simpósio Internacional de Ciências Marinhas - ISMS22 em Las Palmas, Canárias, onde partilharam os resultados de alguns dos seus trabalhos de investigação. Os posters, que foram apresentados por estes investigadores, estão disponíveis aqui.


Os técnicos do Laboratório de Prototipagem da ARDITI estiveram na inauguração do Centro de Operações do Comando Operacional dos Açores, no âmbito do programa Sentinela Atlântica, que decorre entre a ARDITI e o Estado-Maior-General das Forças Armadas. Uma oportunidade para demonstrarem os avanços na investigação e desenvolvimento tecnológico que têm sido feitos na Região, nomeadamente na produção de veículos aéreos não tripulados, que foram anteriormente mostrados à Ministra da Defesa Nacional, aquando da sua deslocação à Madeira.


O projeto ROV4ALL, que teve início em novembro de 2019, chegou ao fim, tendo a reunião final do projeto se realizado no dia 13 de julho, no IPMA, em Algés. A ARDITI, promotora do projeto, esteve representada por Carlos Lucas, Virgínia Catanho e Sónia Costa. Para além da apresentação dos principais resultados do projeto, a reunião incluiu uma visita aos laboratórios do IPMA. 


Decorreu entre 18 e 22 de julho, a segunda edição do Madeira International Machine Learning Workshop, no Madeira Tecnopolo. Este workshop foi organizado por um grupo de investigadores do ITI/LARSyS. O evento esteve baseado na aprendizagem automática, com especial interesse para as áreas de informática, gestão, análise de dados entre outras. O objetivo foi de abordar os fundamentos da implementação de aprendizagem automática, em Python, para redes neuronais. Na fase final do workshop, foi desenvolvida uma aplicação Android para smartphones. Nesta edição foi promovido um Company day, um dia adicional dedicado a empresas onde as mesmas puderam partilhar as suas experiências nas várias áreas tecnológicas, como a aprendizagem automática, com o público em geral. Mais.


Ana Lúcia Faria participou na Rehabweek 2022 que teve lugar em Roterdão de 25 a 29 de Julho. A investigadora do NeuroRehabLab foi oradora no workshop “Patients Engagement And Technologies For Rehabilitation And Prosthetics” e apresentou dois posters “Immersive virtual reality for cognitive mapping in awake brain surgery: a scoping review” e “Development of virtual reality-based tasks for cognitive and emotion mapping during awake brain surgery for tumor resection: the CogMap system”. Ana Lúcia Faria foi também a runner-up do Early Career Investigator Award da International Society for Virtual Rehabilitation (ISVR) que foi atribuído neste evento.


A ARDITI coordena 7 ações, na Madeira, no âmbito da iniciativa Ciência Viva no Verão (CVV), este ano. De 19 a 22 de julho, os investigadores do MARE-Madeira, Jocelyne Pestana e Pedro Abreu, estiveram na Praça do Povo com uma estrutura geodésica (foto abaixo) a dinamizar a atividade "Megafauna Marinha e Realidade Aumentada", que serviu também como testes de utilizador para a investigação que estes investigadores estão a explorar. No dia 22 de julho, a investigadora Sónia Costa, do OOM, realizou duas sessões da atividade "Peixes Virados do Avesso", orientada para crianças, no Centro Operacional do OOM, no Funchal. A última atividade do mês de julho contou com os investigadores Sónia Costa e Carlos Lucas (OOM) com várias sessões da atividade "ROVs e Outras Tecnologias Marinhas".


Paulo Abreu participou no debate "As Artes e as Letras conversam com a Engenharia", inserido no "Ciclo de Conversa d'A Oficina", que se realizou no dia 21 de julho, e foi promovido pela Oficina de Leitura e Escrita Itinerante. Esta iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal do Funchal e Startup Madeira.

EXPOSIÇÃO


A exposição "À descoberta dos ROVs" esteve em exibição no Madeira Shopping de 5 a 10 de julho. Esta exposição, produzida pelo projeto "ROV4ALL - Construção de robôs submarinos em contexto escolar", explicava para que serviam os ROVs e as informações que estes são capazes de disponibilizar acerca do fundo do mar. Além de painéis informativos, fizeram parte desta exposição pequenos ROVs construídos por alunos das escolas da Madeira que participaram no projeto durante o último ano letivo. 

VISITAS


O Secretário de Estado da Economia, João Neves, esteve a 8 de julho de visita às instalações da ARDITI, numa deslocação que serviu para perceber o funcionamento da Agência e a forma como esta se posiciona no campo da investigação, mesmo a nível internacional. Depois da apresentação da ARDITI, foi assinado um protocolo entre esta e a empresa Marismar, do setor da aquacultura, tendo em vista a colaboração entre ambas as partes na área dos dados e seu tratamento, com a visita a terminar com uma demonstração das capacidades do laboratório de prototipagem, onde estão a ser produzidos drones. Mais.


A 7 de julho, membros da Direção Nacional e da Coordenação Regional do Norte e Centro do Colégio de Informática da Ordem dos Engenheiros, passaram pela ARDITI para conhecer o Laboratório de Prototipagem e alguns dos projetos ali desenvolvidos, bem como a estrutura geodésica montada no campus da Universidade da Madeira, numa visita liderada por Clemente Aguiar, membro da direção da ARDITI.

No dia 4 de julho, recebemos a visita de um grupo de 24 alunos e professores da Escola Básica e Secundária da Graciosa, Santa Cruz da Graciosa, Ilha Graciosa, Açores. Estes, no âmbito da área de Cidadania e Desenvolvimento, vieram a desenvolver, ao longo dos três anos do Ensino Secundário, o projeto “Literacia dos Oceanos” que culminou com esta visita de estudo à ARDITI. Os investigadores Patrício Ramalhosa, Ana Dinis, Sílvia Almeida, Pedro Abreu e Andrés Batista apresentaram um pouco dos seus trabalhos científicos na área do mar.

Nos Media


O aluno de doutoramento Fábio Pereira escreveu o artigo de opinião Novas tecnologias na reabilitação de sobreviventes de AVC para o site do Sindicato dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica.


Notícia publicada no Diário de Notícias da Madeira, no dia 2 de julho, acerca do Madeira International Machine Learning Workshop.

Leia aqui a página de julho, do Diário de Notícias da Madeira, dedicada à investigação dos investigadores da ARDITI.

A atividade "Peixes virados do avesso" foi uma das reportagens do telejornal da Madeira no dia 26 de julho.

Artigo publicado no Diário de Notícias da Madeira e RTPM acerca da exposição "À descoberta dos ROVs".


ARDITI com volume de negócios superior a 10 milhões de euros, notícia publicada no Diário de Notícias da Madeira a 8 de julho.

Divulgação da CVV 2022 no Diário de Notícias da Madeira, no dia 11 de julho.

A inauguração do Centro Operacional do OOM foi destacada na comunicação social, nomeadamente na RTPM e Antena 1.

No Telejornal da Madeira, do dia 21 de julho, acerca da dome instalada na Praça do Povo, no âmbito da CVV, Pedro Abreu foi entrevistado.

OUTROS


Alunos do Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Fernandes Lopes em Olhão, que participaram no projeto ROV4ALL, produziram um vídeo que resume o trabalho que desenvolveram neste projeto, que tem como foco a construção de um pequeno ROV. O ROV4ALL é um projeto de literacia do oceano financiado pelo Fundo Azul da DGPM - Direção-Geral de Política do Mar.


No dia 20 de junho foi assinado um protocolo entre a Universidade da Madeira e a Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil. O Protocolo de Cooperação, que contempla a implementação do Centro de Tecnologias para a Qualidade de Vida da população da Região Autónoma da Madeira, tem como objetivos estimular o intercâmbio de conhecimentos e experiências inovadoras entre a UMa e o SESARAM, EPERAM, bem como com outras entidades académicas e regiões nacionais e internacionais; impulsionar a inovação e produção científica no campo das tecnologias assistivas e da reabilitação; realizar estudos que alavanquem e aprofundem o conhecimento neste campo e resultem na produção de evidências científicas; e promover a organização de programas de formação multidisciplinares que abordem aspetos relevantes e prioritários na área. O acordo baseia-se nos 10 anos de investigação do NeuroRehabLab e profissionais de saúde do SESARAM.


Subscreva a newsletter

Pesquisa

Copyright © 2022 ARDITI