Notícias

Assinatura do memorando de entendimento do "Observatório do Atlântico"

A ARDITI foi uma das instituições que ontem assinou o memorando de entendimento para a criação do consórcio que irá gerir o Observatório do Atlântico. O consórcio dará especial atenção ao mar profundo, área do Oceano a que a Madeira e os Açores têm acesso privilegiado.


A assinatura ocorreu na cidade da Horta (Açores). Para além da ARDITI, assinaram o acordo a Universidade dos Açores, o IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o Instituto Hidrográfico, o Air Center, a Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC), a Associação para o Desenvolvimento e Formação do Mar dos Açores e o Fundo Regional de Ciência e Tecnologia.

O Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, e o Ministro da Ciência e Tecnologia, Manuel Heitor, também subscreveram este memorando. Ricardo Serrão Santos referiu no evento que "o consórcio dará atenção particular ao mar profundo, cujo acesso, como sabemos, é privilegiado, aqui nos Açores e na Madeira, e cuja diversidade submarina é particularmente atrativa, com os seus montes submarinos, fontes hidrotermais, sulfuretos maciços, sistemas meso-pelágicos e planícies abissais". 

O Observatório do Atlântico pretende assumir-se como um sistema integrado de observação oceanográfica que apoie a investigação e monitorização do oceano e funcione como um portal de acesso a dados, informações e serviços associados ao oceano Atlântico, com vista à proteção, investigação, monitorização e exploração socioeconómica das suas zonas marítimas.

 
 

Subscreva a newsletter

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Links úteis

Pesquisa

Copyright © 2021 ARDITI