ARDITI promove workshop no âmbito de um projeto Marie Curie

ligado .

MEDINA domainA ARDITI promove nas instalações do OOM-Observatório Oceânico da Madeira, de 11 a 14 de agosto, a realização de um workshop cientifico no âmbito de um projeto Marie Curie, financiado pela UE (http://ec.europa.eu/research/mariecurieactions/).

Neste workshop discute-se as principais conclusões do projeto que visou sobretudo o desenvolvimento e implementação de um sistema de ‘assimilação de dados’ num novo modelo de previsão oceânica (MUSOC) para o NE Atlântico. A inclusão de dados / medidas nos modelos melhoram substancialmente as previsões. O investigador responsável pelo trabalho foi o Doutor Luc Vandenbulcke (de nacionalidade Belga), coordenado pelo Doutor Rui Caldeira, investigador do CIIMAR.

As previsões oceanográficas para o NE Atlântico (melhoradas) deverão ficar brevemente disponíveis através das páginas do CIIMAR-Madeira: ciimarmadeira.org

Mais uma vez se provou que a Madeira oferece condições únicas para a realização de eventos científicos com impacto internacional.

Ver brochura do evento.

Criado o Observatório Oceânico da Madeira

ligado .

Logotipo OOMA ARDITI promoveu no passado dia 24 de Julho de 2014 a criação de uma unidade interna designada como OOM - Observatório Oceânico da Madeira, no sentido de promover a Investigação, Desenvolvimento e Inovação na área dos Recursos e Tecnologias do Mar.

Numa primeira fase, são signatários do OOM investigadores de várias instituições públicas e privadas com interesse e/ou atividades na area das Ciências e Tecnologias do Mar.

O Observatório Oceânico da Madeira visa o desenvolvimento de uma infraestrutura científica de monitorização permanente do oceano, incluindo dados biogeoquímicos e tecnologias de observação oceano-meteorológicas acopladas a modelos de previsão. A consolidação de dados históricos, observações e previsões numa plataforma comum vai permitir à Região Autónoma da Madeira (RAM) dar resposta mais eficaz às exigências atuais e futuras de avaliação e gestão dos recursos marinhos, capacitando a RAM com meios adequados ao desenvolvimento de estudos avançados, monitorização dos impactos induzidos pelas alterações climáticas e previsão marítima, à escala das ilhas. Assim, a Região vai poder beneficiar da informação, serviços e produtos proporcionados pelo OOM, estimulando atividades económicas de elevado valor acrescentado, designadamente no domínio do aproveitamento dos recursos biomarítimos e das energias renováveis, bem como no desenvolvimento do conhecimento científico em colaboração com investigadores e centros internacionais de referência, particularmente no âmbito da exploração geológica e mineral dos fundos marinhos, no transporte e segurança marítima, no turismo, no desporto náutico, nas pescas, e na resposta a eventos de poluição e/ou catástrofes naturais (ex. tsunamis).

Para mais informações visite a página do OOM: http://oom.arditi.pt

ARDITI promove formação - Horizonte 2020

ligado .

Horizonte 2020 A Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação Tecnologia e Inovação promoveu no passado mês de Junho uma formação no Horizonte 2020 – Programa-Quadro Comunitário de Investigação & Inovação.

Com um orçamento global superior a 77 mil milhões de euros para o período 2014-2020, é o maior instrumento da Comunidade Europeia especificamente orientado para o apoio à investigação, através do cofinanciamento de projetos de investigação, inovação e demonstração.

Nesta formação estiveram quadros de diversas áreas definidas na Estratégia de Especialização Inteligente da RAM - turismo, bio-sustentabilidade, qualidade agro-alimentar, recursos e tecnologia do mar, sustentabilidade, gestão e manutenção de infraestruturas - e por entre os temas abordados estiveram não apenas os princípios do programa como as bases de elaboração e apresentação de uma candidatura. Elaboração de orçamentos, estabelecimento de parcerias, gestão da propriedade intelectual ou questões legais associadas às candidaturas foram apenas algumas das temáticas estudadas durante a formação.

Com esta iniciativa pretende-se que a região fique melhor preparada para fazer face à cada vez maior competitividade que acontece na apresentação de candidaturas a programas comunitários.

ARDITI marca presença em workshop sobre o Turismo

ligado .

FaroTurismo como uma prioridade para a RIS3 (Smart Specialization Platform) foi o tema de um workshop co-organizado pela Plataforma S3 e pela Comissão Regional de Coordenação e Desenvolvimento do Algarve.

No seguimento de outros workshops semelhantes pretende-se que também deste último encontro resulte um ganho de conhecimento e experiência que seja utilizado como instrumento de apoio às regiões e estatos membro da União Europeia no desenvolvimento das suas  RIS3 (Research and Innovation Strategies for Smart specialisation).

Durante este workshop, quatro regiões: Faro (PT), Sicília (IT), Rhône-Alpes (FR) e Kujawsko-Pomorskie (PL) apresentaram o trabalho desenvolvido para estas estratégias e tiveram oportunidade de interagir com os restantes participantes que tiveram um papel de "críticos" na discussão das estratégias em análise. Todas as 4 regiões têm em comum o turismo como prioridade nas suas RIS3 e este foi assim um tema muito debatido.

Para mais informação sobre a RIS3 e estes workshops consulte o site aqui.

ARDITI presente em workshop

ligado .

budapesteA ARDITI marcou presença num workshop promovido no âmbito da RIS3 que teve como principal objetivo o debate das Estratégias de Investigação e Inovação para a chamada Smart Specialisation que teve lugar em Budapeste, na Hungria, nos dias 24 e 25 de Junho.

Durante o evento foram apresentados os avanços do trabalho feito no âmbito da Estratégia RIS3 por quatro estados membro: Humgria, Lituânia, Malta e Portugal.

A plataforma RIS3 foi estabelecida pela Comissão Europeia para procidenciar aconselhamento profissional aos Estados Membro e Regiões da União Europeia, na concepção das suas estratégias de Smart Specialisation. Entre os serviços da plataforma estão por exemplo: o fornecimento de guias e material de boas práticas, organização de sessões e participação em conferências, formação especializada para os agentes, participação em projetos de investigação no âmbito da formação de estratégias e delineação de políticas base.

Para mais informações sobre o evento e sobre a Plataforma RIS3 consulte o site do projeto.