Bolsa de Investigação: ARDITI-OOM/2016/017

Cargo/posição/bolsa:
Apoio técnico e científico ao desenvolvimento de bases de dados na área da ecologia de cetáceos
Referência: ARDITI-OOM/2016/017

Área científica genérica: Biological sciences

Área científica específica: Biodiversity
 

Resumo do anúncio:

No âmbito do projeto M1420-01-0145-FEDER-000001 - Observatório Oceânico da Madeira- OOM  existe a necessidade de contratação de um bolseiro de investigação para, sob orientação, contribuir para a recolha, organização e análise de dados (e.g., biológicos, fotográficos, georreferenciação). 

Texto do anúncio

O arquipélago oceânico da Madeira está localizado nas águas temperadas do NE Atlântico, sendo um local privilegiado para o estudo do ambiente pelágico, nomeadamente dos cetáceos que utilizam este habitat. Assim, esta área foi incluída no projeto OOM (M1420-01-0145-FEDER-000001 - Observatório Oceânico da Madeira- OOM), como uma área emergente para o estudo do ambiente oceânico no arquipélago da Madeira.

No âmbito do projeto supramencionado existe a necessidade de contratação de um bolseiro de investigação para, sob orientação, contribuir para a recolha, organização e análise de dados (e.g., biológicos, fotográficos, georreferenciação).

Responsabilidades:

  • Recolha de dados biológicos e fotográficos;
  • Fazer a recolha regular de dados obtidos pelos operadores marítimo-turísticos;
  • Inventariar, organizar e catalogar as bases de dados de avistamentos, foto-identificação e georreferenciação;
Requisitos de admissão
  • Licenciatura ou Mestrado (preferencial) em Biologia/Biologia Marinha ou áreas afins;
  • Bons conhecimentos sobre a biologia e ecologia das espécies cetáceos que ocorrem no arquipélago da Madeira e outros arquipélagos da Macaronésia;
  • Conhecimento da realidade local da atividade de whale-watching, no arquipélago da Madeira;
  • Experiência em recolha e organização  de dados biológicos e de foto-identificação;
  • Experiência de embarques em plataformas dedicadas a whale-watching e oportunistas (e.g. barcos de pesca);
  • Experiência na identificação de espécies de cetáceos in situ;
  • Experiência em recolha de dados a partir de terra com recurso a binóculos de longo alcance (vigia);
  • Conhecimentos informáticos de Office;
  • Experiencia em utilização de equipamento de georreferenciação (GPS);
  • Experiência em utilização do software Mapsource (preferencial);
  • Fluência em Português e Inglês;
Plano de trabalhos
  • Preparação e realização de embarques regulares em plataformas (náuticas) dedicadas e oportunistas para recolha de dados, assim como a partir de terra (vigia);
  • Estabelecimento de contactos com os operadores marítimo-turísticos para recolha de dados biológicos, fotográficos e de georreferenciação;
  • Informatização dos dados recolhidos;
  • Manutenção de catálogos de foto-identificação; 
  • Organização e manutenção de bases de dados de georreferenciação;
  • Escrita de documentos técnicos.
Orientação científica e local de trabalho

O trabalho será realizado nas instalações do OOM-ARDITI e nas plataformas de observação, sob a orientação da Doutora Ana Dinis e do Doutor Filipe Alves.

Duração da(s) bolsa(s)

1 ano, renovável até 3 anos.

Subsídio de manutenção mensal

Subsídio de manutenção de acordo com a tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT  (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores.phtml.pt): Bolsa de Investigação para Mestre: 980€, ou Bolsa de Investigação para Licenciado: 745€.
 
Métodos de seleção

A seleção dos candidatos será feita com base na avaliação curricular, tendo em conta a formação académica e outras qualificações e avaliação curricular no âmbito do tema do projeto. Poderá ser realizada uma entrevista aos candidatos com mais qualificações.

FS = QA + EP
FS – Final Score
QA – Qualifications
EP – Experience

QA:
5 valores – mestrado em Biologia Marinha ou áreas afins
ou
3 valores – licenciatura em Biologia Marinha ou áreas afins
EP:
2 valores  - Conhecimento sobre a biologia, etologia e ecologia das espécies de cetáceos que ocorrem no arquipélago da Madeira (1 ponto = 1 publicação científica nessa área na Madeira; 2 pontos = >1 publicação científica);  
3 valores – Experiência de embarques / campanhas de estudos de cetáceos no arquipélago da Madeira (1 ponto = <1 ano ou 1000h de embarques / campanhas de estudo na Madeira; 2 pontos = entre 1-4 anos ou 1000-4000h; 3 pontos = >4 anos ou 4000h);
1 valor – Experiência profissional na área dos cetáceos noutros arquipélagos da Macaronésia (0 pontos = sem experiência; 1 ponto = experiência noutro arquipélago da Macaronésia);
3 valores – Conhecimento da realidade local da atividade de whale-watching (1 ponto = <1 ano de trabalho/colaboração com esse tipo de operadores; 2 pontos = entre 1-3 anos; 3 pontos = >3 anos);
3 valores – Experiência na recolha e organização de dados biológicos, fotográficos e de georreferenciação (1 ponto = <1 ano de trabalho nessa área; 2 pontos = entre 1-3 anos; 3 pontos = >3 anos);
3 valores – Experiência em trabalho de vigia em terra (1 ponto = <100h de vigia; 2 pontos = entre 100-200h; 3 pontos = >200h).

Composição do Júri de Seleção

Doutor Filipe Alves
Doutor João Canning-Clode
Dr. Marc Fernandez

Documentos de candidatura

- Carta de motivação (enfatizando a adequação do candidato para cada um dos critérios de avaliação)
- Curriculum Vitae
- Certificado de conclusão do grau

Forma de publicitação/notificação dos resultados

ARDITI (http://www.arditi.pt). Via e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas

Formato digital para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. até ao dia 6 de maio de 2016

 

Cores FEDER