Bookmaker Bet365.com Bonus The best odds.

Full premium theme for CMS

Projecto do Observatório Oceânico da Madeira (OOM-ARDITI) financiado em 6M€ pelo Horizonte 2020 garante 400 mil Euros para a Madeira

Блогът Web EKM Blog очаквайте скоро..

A Comissão Europeia através do programa Horizonte 2020 acaba de aprovar um projeto de cerca de 6 milhões de euros em que o Observatório Oceânico da Madeira (OOM), unidade de investigação da ARDITI, é um dos 15 parceiros do consórcio Europeu ganhador que inclui ainda representantes da Alemanha, Noruega, Itália, Alemanha e China (com financiamento próprio).

O projecto designado por  “GoJelly - A gelatinous solution to plastic pollution” é liderado em Portugal por investigadores do OOM-ARDITI que trabalham nas áreas de aquacultura e ecologia. O objetivo principal deste projeto é desenvolver, testar e promover uma solução gelatinosa que será processada através de matéria prima proveniente de medusas (jellyfish) para servir de filtro à poluição de microplásticos. Neste contexto, esta equipa internacional e multidisciplinar propõe-se a atingir dois objectivos de uma só vez, removendo (e limpando) do oceano microplásticos que são já considerados uma ameaça global, aproveitando a matéria prima das medusas, muitas delas espécies invasoras e autênticas pragas nos oceanos.

João Canning Clode e Carlos Andrade, ambos investigadores doutorados do OOM-ARDITI, terão a responsabilidade de liderar uma das tarefas técnicas do projecto.

Para além de mais um importante investimento de cerca de 400 mil euros que é atraído para a região, o projecto GoJelly representa a primeira participação da Madeira na área da Economia Azul do Horizonte 2020. Este projecto reforçará o orçamento do OOM e da ARDITI que têm contribuído para melhorar a posição relativa da Madeira em termos de investigação e desenvolvimento tecnológico. Actualmente o orçamento da ARDITI de projectos já ultrapassa os 4 M€ / ano, quando antes da sua criação era de pouco mais de 300 mil euros.